https://revistas.unila.edu.br/relus/issue/feed Revista Eletrônica Ludus Scientiae 2020-04-02T20:15:37-03:00 MARIA DAS GRAÇAS CLEOPHAS revista.ludus.scientiae@unila.edu.br Open Journal Systems revista eletrônica ludus scientiae; revista relus; relus https://revistas.unila.edu.br/relus/article/view/1893 Jogo cooperativo como uma proposta lúdica no ensino de ciências ambientais - por uma ética do cuidado 2020-04-02T20:15:36-03:00 Carla Moreira Graça Mello carlagracamello@yahoo.com.br Denise Celeste Godoy de Andrade Rodrigues denise.cgar@gmail.com Adilson Pereira adphylugf@hotmail.com <p><strong>Diante do impacto da crise contemporânea que deteriora o planeta, as relações e as subjetividades, Guatarri propõe a Ecosofia. O planeta precisa ser cuidado, assim como os seres humanos precisam cuidar bem de si e uns dos outros. Zelo é um jogo que integra cuidado e sustentabilidade no propósito de contribuir para a mudança de hábitos dos discentes do Ensino Fundamental I por uma Educação Ética/ Ecológica. </strong><strong>Este trabalho tem por objetivo descrever a primeira fase de aplicação do jogo Zelo cuja base é a Ecosofia e a Pedagogia da Cooperação. Zelo é composto de um tabuleiro, fantasias de zelo, o boneco do Zelo, um placar, um baú, o manual do jogo e os diários de zelo. </strong><strong>O objetivo do jogo é resgatar o Zelo da caverna do esquecimento devolvendo suas cores, através da prática diária dos hábitos propostos. O instrumento utilizado foi o diário de bordo. Através do lúdico as crianças estão assimilando as lições, refletindo sobre seus hábitos e o personagem vem sendo a personificação dos valores trabalhados. </strong><strong></strong></p> 2020-04-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Eletrônica Ludus Scientiae https://revistas.unila.edu.br/relus/article/view/1769 Jogos digitais e os três momentos pedagógicos: Avaliando o potencial do jogo Angry Birds para motivar os alunos a aprender Física 2020-04-02T20:15:36-03:00 Matheus Lincoln Borges dos Santos borgesm3@tcnj.edu Alvaro Emilio Leite alvaroemilio@gmail.com <p>Este trabalho avalia o potencial da utilização de jogos digitais não educativos como forma de motivar os alunos a aprender Física. Para isso, desenvolveu-se e aplicou-se uma sequência didática embasada nos Três Momentos Pedagógicos (3MP), na qual o jogo Angry Birds foi utilizado para investigar os conhecimentos prévios de alunos do nono ano do ensino fundamental II de uma escola pública estadual localizada em São José dos Pinhais-Pr. Os resultados obtidos contribuíram para demonstrar que os jogos podem ser um importante motivador para o aprendizado, desde que sua utilização seja embasada em uma metodologia de ensino. Conclui-se também que a metodologia de ensino adotada contribuiu para a inserção do jogo em sala de aula de maneira produtiva, reforçando que é necessário que o professor efetue uma reflexão sobre como e o porquê um jogo deverá ser utilizado, tornando-o parte do processo pedagógico e não apenas uma distração.</p> 2020-04-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Eletrônica Ludus Scientiae https://revistas.unila.edu.br/relus/article/view/2057 Percepciones de estudiantes de secundaria sobre el juego educativo GeneticsHome 2020-04-02T20:15:34-03:00 María del Mar López-Fernández mmarlf@correo.ugr.es Antonio Joaquín Franco-Mariscal antoniojoaquin.franco@uma.es <p>En la enseñanza-aprendizaje de la biología es imprescindible que el alumnado de secundaria adquiera la capacidad de tomar decisiones en su vida diaria fundamentadas en cuestiones científicas. Para ello, este artículo presenta el juego educativo <em>GeneticsHome</em> que persigue promover el aprendizaje de las leyes de la herencia, la trasmisión de los genes polialélicos codificantes de los grupos sanguíneos (sistema ABO) y sus probabilidades, aplicándolos a un caso real, empleando la gamificación para despertar la motivación y el interés de los estudiantes. Este juego se ha puesto en práctica con un grupo piloto de 15 estudiantes españoles de 16 años de educación secundaria obligatoria del colegio Gibraljaire (Málaga). Los resultados de las percepciones del alumnado, evaluadas a través de dos cuestionarios, muestran que <em>GeneticsHome</em> promueve el aprendizaje de estos contenidos y mejora el interés, la motivación y la participación del alumnado. Además, contribuye a adquirir unos conocimientos como base de un aprendizaje razonado, con aplicación en la vida cotidiana.</p> 2020-04-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Eletrônica Ludus Scientiae https://revistas.unila.edu.br/relus/article/view/1843 Jogos digitais como arte na interface entre educação científica e educação em direitos humanos: reflexões e possibilidades 2020-04-02T20:15:35-03:00 Roberto Dalmo Varallo Lima de Oliveira robertodalmo7@gmail.com João Roberto Ratis Tenório da Silva joaoratistenorio@gmail.com <p>O presente texto buscou apresentar uma discussão teórica sobre como jogos digitais, entendidos como obras de arte, podem potencializar discussões que estão na interface entre Educação Científica e Educação em Direitos Humanos. Assim, dissertamos sobre a interface Educação em Ciências e Educação em Direitos Humanos e tratamos a Arte como um caminho frutífero para potencializar reflexões e abordagens didáticas nessa perspectiva. Após uma breve história sobre jogos digitais e seu entendimento como obra de arte, analisamos os jogos <em>Valiant Harts: the great war</em>– como possibilidade de “educar para nunca mais” e problematizar armas e defensores químicos; <em>Braid</em> – uma abordagem sobre gênero e machismo, além de discussões sobre radioatividade e a produção da bomba atômica; e <em>Final Fantasy VII</em> – debate sobre questões ambientais e teoria de Gaia. Por fim, estabelecemos reflexões sobre caminhos futuros de pesquisa.</p> 2020-04-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Eletrônica Ludus Scientiae https://revistas.unila.edu.br/relus/article/view/1668 Abordagem da história e filosofia da ciência por meio das histórias em quadrinhos 2020-04-02T20:15:35-03:00 Mônica Regina Vieira Leite monica.regina@unesp.br Sandra Regina Teodoro Gatti sandragatti@gmail.com Beatriz Salemme Corrêa Cortela beatriz.cortela@unesp.br A História e Filosofia da Ciência (HFC), nos últimos anos, vêm estabelecendo suas bases teóricas e especificidades, tendo sua inserção no Ensino defendida por diversos autores. Esse trabalho defende uma abordagem que seja embasada na Nova Historiografia da Ciência. A pesquisa aqui relatada tem como justificativa o fato de que a historiografia tradicional é a que permeia no âmbito educacional e pelo fato de ela promover certas visões distorcidas sobre a Ciência. Tem por objetivo analisar a importância da HFC no Ensino de Ciências, bem como a viabilidade das Histórias em Quadrinhos (HQs) na sua abordagem, uma vez que as HQs possuem um potencial educativo em ascensão e podem facilitar o ensino devido às suas características linguísticas. Concluímos que as HQs são uma boa opção de material e recurso didático a ser usado para abordar a HFC no Ensino de Ciências e que a prática do professor mediador é decisiva nos resultados das atividades. 2020-04-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Eletrônica Ludus Scientiae