Chamada Dossiê N. 13: Ditaduras, Resistências e Memórias: ditaduras iberoamericanas em perspectiva comparada.

Chamada aberta até 01/09/2019

Governos autoritários e ditatoriais marcaram a história ibérica e latino-americana no decorrer do século XX. A despeito das variações temporais e particularidades político-culturais, esses governos foram marcados por diversas violações aos direitos humanos, as quais interferiram – e interferem – nos processos de (re)construção da democracia devido ao legado autoritário que deixaram, o qual se manifesta de modo diferenciado em virtude das especificidades políticas, econômicas, sociais e culturais de cada país.

O dossiê visa a reunir pesquisas sobre as ditaduras iberoamericanas que enfatizem o aparato repressivo, normativo e de propaganda, as diversas formas de resistência e as memórias sobre estes períodos autoritários. Serão priorizadas as pesquisas que analisem as ditaduras iberoamericanas em perspectiva comparada, transnacional ou conectada. No entanto, também serão aceitos trabalhos sobre casos particulares e análises teórico-metodológicas e historiográficas. O dossiê pretende ser um panomara inter e multidisciplinar sobre o tema, que envolva áreas como História, Relações Internacionais, Ciência Política, Sociologia, Antropologia, Literatura, Artes e outras.

 

Organizadores:

 

Paulo Renato da Silva – Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)

 

Fernando Martins – Universidade de Évora (UÉ)