Disputas epistêmicas nas universidades brasileiras e o debate em torno das “Epistemologias do Sul”

Luana Hanaê Gabriel Homma

Resumo


A comunicação pretende discutir como o pensamento do intelectual português  Boaventura de Sousa Santos tem sido introduzido nas esferas universitárias brasileiras, especialmente suas formulações em torno das chamadas Epistemologias do Sul. Nesse sentido, parte da compreensão de que as universidades se caracterizam, em princípio, como um dos lócus de produção científica e assumem também a condição de difusoras do que se convencionou denominar “ciência moderna”, um tipo de saber dominante e que se reconhece como universal. Por outro lado, as universidades podem também abrigar em suas estruturas o debate e a mobilização em torno de um pensamento e uma prática que sejam críticas ao viés do saber universal. Nessa perspectiva, considera as disputas epistêmicas como parte dos embates sociais em torno a democratização da produção e acesso ao conhecimento.  Desse modo, Boaventura indaga sobre as bases sociais do conhecimento e afirma que “a universidade será democrática se souber usar o seu saber hegemónico para recuperar e possibilitar o desenvolvimento autónomo de saberes não-hegemônicos, gerados nas práticas das classes sociais oprimidas e dos grupos ou estratos socialmente discriminados” (SANTOS, 1989, p. 56). A partir de tais premissas, busca-se analisar como tem se constituído a interlocução dessa  perspectiva crítica com a produção acadêmica em universidades brasileiras e suas interrelações com os debates em torno dos conceitos de pós-colonialidade e decolonialidade.

Texto completo:

PDF

Referências


CUNHA, Luiz Antônio. A universidade temporã: o ensino superior, da Colônia à Era Vargas. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

OLIVEIRA, Gustavo Adolfo Galati de. Interdisciplinaridade e inclusão social no processo de implantação da Universidade Federal do ABC. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação. Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Da Ideia de Universidade à Universidade de Ideias. Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 27/28, Coimbra, 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.