COMPARANDO A VARIEDADE E QUALIDADE DAS EXPORTAÇÕES LATINO-AMERICANAS

Lucca Simeoni Pavan, Maurício Vaz Lobo Bittencourt

Resumo


O objetivo do artigo é mensurar e comparar a composição das exportações dos países da América Latina. Para isto foram calculadas as margens intensiva e extensiva e feita a decomposição da margem intensiva em índice de preços e de quantidade, sendo o índice de preços usado para diferenciar os produtos quanto à sua qualidade seguindo método desenvolvido por Hummels e Klenow (2005). Os dados se compõem do valor exportado em dólares e do peso líquido de exportação dos países latino-americanos. México e Brasil são os principais exportadores em volume de comércio, mas isso não necessariamente significa que exportam grandes variedades de produtos ou produtos de alta qualidade. O México é o país com maior volume exportado, 397,10 bilhões de dólares. O país com maior margem extensiva de comércio é a República Dominicana. O Brasil é o país com maior índice de qualidade entre os exportadores latino-americanos.


Palavras-chave


Comércio; Margem; Intensiva; Extensiva; Qualidade.

Texto completo:

PDF

Referências


AGOSIN, M. R.; ALVAREZ, R.; BRAVO-ORTEGA, C. Determinants of Export Diversification Around the World: 1962–2000. The World Economy, v. 35, n. 3, p. 295–315, 2012. Disponível em: . Acesso em: 26/1/2016.

ARKOLAKIS, C.; DEMIDOVA, S.; KLENOW, P. J.; RODRIGUEZ-CLARE, A. Endogenous Variety and the Gains from Trade. American Economic Review, v. 98, n. 2, p. 444–50, 2008. Disponível em: . Acesso em: 25/1/2016.

BRODA, C.; WEINSTEIN, D. E. Globalization and the Gains From Variety. The Quarterly Journal of Economics, v. 121, n. 2, p. 541–585, 2006. Disponível em: . Acesso em: 26/1/2016.

CHOI, Y. C.; HUMMELS, D.; XIANG, C. Explaining import quality: The role of the income distribution. Journal of International Economics, v. 77, n. 2, p. 265–275, 2009. Disponível em: . Acesso em: 25/1/2016.

FAJGELBAUM, P.; GROSSMAN, G. M.; HELPMAN, E. Income Distribution, Product Quality, and International Trade. Journal of Political Economy, v. 119, n. 4, p. 721–765, 2011. Disponível em: . Acesso em: 25/1/2016.

FEENSTRA, R. C. New Product Varieties and the Measurement of International Prices. The American Economic Review, v. 84, n. 1, p. 157–177, 1994. Disponível em: ..

FEENSTRA, R. C.; ROMALIS, J. International Prices and Endogenous Quality*. The Quarterly Journal of Economics, p. qju001, 2014. Disponível em: . Acesso em: 26/1/2016.

FLAM, H.; HELPMAN, E. Vertical Product Differentiation and North-South Trade. The American Economic Review, v. 77, n. 5, p. 810–822, 1987. Disponível em: ..

GRIECO, P. L. E.; LI, S.; ZHANG, H. Multi-Dimensional Effects of International Trade: The Experience of Chinese Manufacturers. The 13th annual International Industrial Organization Conference, p. 37, 2015.

GROSSMAN, G. M.; HELPMAN, E. Trade, Innovation, and Growth. The American Economic Review, v. 80, n. 2, p. 86–91, 1990.

HELPMAN, E.; MELITZ, M.; RUBINSTEIN, Y. Estimating Trade Flows: Trading Partners and Trading Volumes. Quarterly Journal of Economics, v. 123, p. 441–487, 2008.

HUMMELS, D.; KLENOW, P. J. The Variety and Quality of a Nation’s Trade. Working Paper, National Bureau of Economic Research, 2002.

HUMMELS, D.; KLENOW, P. J. The Variety and Quality of a Nation’s Exports. The American Economic Review, v. 95, n. 3, p. 704–723, 2005.

KRUGMAN, P. R. Increasing returns, monopolistic competition, and international trade. Journal of International Economics, v. 9, n. 4, p. 469–479, 1979. Disponível em: . Acesso em: 25/1/2016.

SARAIVA, D.; VOIGTLÄNDER, N. Imported Inputs, Quality Complementarity, and Skill Demand., p. 49, 2012. Disponível em: ..

STOKEY, N. L. The Volume and Composition of Trade Between Rich and Poor Countries. Discussion Paper, Northwestern University, Center for Mathematical Studies in Economics; Management Science, 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Orbis Latina

A Revista Orbis Latina, ISSN 2237-6976, é publicada originalmente na plataforma digital ISSUU, cujo acesso, leitura e downloads são gratuitos. Mais detalhes ver  https://sites.google.com/site/orbislatina/