ESTRUTURA E ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA COOPERATIVA DE PRODUTORES AGROECOLÓGICOS DO TERRITÓRIO CANTUQUIRIGUAÇU - PR

Josiane Wolff, Yogo Kubiak Canquerino, Antonio Maria da Silva Carpes, Marcos Roberto Pires Gregolin, Nilson Padilha, Geysler Rogis Flor Bertolini

Resumo


A preocupação das organizações em serem competitivas dentro do ambiente onde estão inseridas se intensifica cada vez mais, para que nele possam permanecer por um longo período este trabalho buscou analisar a configuração da estrutura e estratégia organizacional de uma cooperativa de produtores agroecológicos da região Centro-Sul do Estado do Paraná, bem como identificar qual configuração estratégica e estrutural a cooperativa atua. Os dados obtidos foram através de estudo de caso na cooperativa e através de um roteiro de entrevista aplicado a seis membros da cooperativa em estudo, os dados foram analisados a partir de um elo entre teoria e prática, possibilitando um entendimento de que uma depende da outra uma. Este trabalho tem como método qualitativo que busca profundidade nas respostas. Os resultados obtidos mostram que as relações entre estrutura e estratégia caracterizadas na organização estão complementares, ou seja, a cooperativa está se desenvolvendo bem, porém aos poucos.


Palavras-chave


Estrutura; Estratégia; Cooperativa; Configuração organizacional.

Texto completo:

PDF

Referências


ALDAY, H. E. C. O planejamento estratégico dentro do conceito de administração estratégica. Revista da FAE, v. 3, n. 2, 2000.

ALVES, A. F. BORILE, L. C. BELON, I. REINEHR, C. L. Manual Para Cooperativas: boas práticas na gestão cooperativa. Francisco Beltrão, 2010.

BETHLEM, A. de S. Estratégia empresarial: conceitos, processo e administração estratégica. 6º ed. São Paulo: Atlas, 2009.

BIALOSKORSKI, S. Agronegócio cooperativo. In: BATALHA, M. (Org.). Gestão

agroindustrial. São Paulo: Atlas, 2001.

BRAGA, M. J. Gestão de cooperativas.Centro de Ciêncis Agrárias – CCA. UFV, Viçosa/MG, 2002.

BRASIL. Medida Provisória nº 2.166-67, de 24 de agosto de 2001. Disponível em: Acesso em: 13 de jun. de 2015.

CONANT, J. S. MOKWA, M. P. VARADARAJAN, P. R. Strategic types, distinctive marketing competencies and organizational performance: a multiple measures-based study. Strategic Management Journal, Vol. 11, p. 365-383, 1990.

FORNAZIER, A. WAQUIL, P. D. A importância do cooperativismo na inserção de pequenos produtores nos mercados: o caso da produção de maçã na serra catarinense. Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, 2011. Disponível em: . Acesso em: 09 de jun. de 2015.

GAIOVICZ, E. F. SAQUET, M. A. Modernização da agricultura e agroecologia. Francisco Beltrão, 2009.

GRAMKOW, F. B. A análise da estrutura e da estratégia: o caso AGCO DO BRASIL. Porto Alegre, jan. de 2002. Disponível em: Acesso em: 27 de set. de 2015.

MICHEL, M. H. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais: um guia prático para acompanhamento da disciplina e elaboração de trabalhos monográficos. São Paulo: Atlas, 2005.

MINTZBERG, H. QUINN, J. B. O Processo da Estratégia. Porto Alegre: Bookman, 2001.

NUNES, M. F. Relação entre estratégias e estrutura organizacional: um estudo de caso na empresa de pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Mato Grosso do Sul. Porto Alegre, 2000. Disponível em: Acesso em: 07 de nov. 2015.

ORLICKAS, E. Modelos de gestão: das teorias da administração à gestão estratégica. 2 ed. Curitiba: Ibpex, 2011.

OLIVEIRA, D. de P. R. de. Manual de gestão das cooperativas: uma abordagem prática. 3º Edição. São Paulo: Atlas, 2006.

OLIVEIRA, D. de P. R. de. Teoria geral da administração: uma abordagem prática. 3º ed. São Paulo: Atlas, 2012.

PICOLOTTO, E. L. As mãos que alimentam a nação: agricultura familiar, sindicalismo e política. 2011. 2011. Tese de Doutorado. Tese (Doutorado), CPDA/UFRJ, Rio de Janeiro.

PLANAS, J. Os proprietários e o associativismo agrário na Catalunha (1850-1936). Análise Social, vol. XLIV, 2009.

RAUPP, F. M. BEUREN, I. M. Metodologia da pesquisa aplicável às ciências sociais. In: BEUREN, I. M. (org). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3º ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SCHMIDT, R. M. TEODORO, P. A. V. B. MIYAZAKI, J. GAFFURI, J. NAZZARI, R. K. BERTOLINI, G. R. F. Cooperativismo, uma alternativa de geração de renda para pequenos e médios produtores rurais. Cascavel, 2005.

SILVA, T. N. A participação de cooperados na gestão de cooperativas de produção: uma análise da separação entre propriedade e controle. Perspectiva Econômica, São Leopoldo: Unisinos, v.29, n.86, jul./set. 1994.

SPANEVELLO, R. M. LAGO, A. As cooperativas agropecuárias e a sucessão profissional na agricultura familiar. Londrina, 2007.

TUPY, O. MANCINELI, C. COSTA, V. M. H. de M. Estratégias produtivas e sustentabilidade de pequenos produtores rurais. SOBER 47º Congresso. Porto Alegre, 2009. Disponível em: < http://www.sober.org.br/palestra/13/419.pdf > acesso em: 09 de jun. de 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Orbis Latina

A Revista Orbis Latina, ISSN 2237-6976, é publicada originalmente na plataforma digital ISSUU, cujo acesso, leitura e downloads são gratuitos. Mais detalhes ver  https://sites.google.com/site/orbislatina/