CIDADES MÉDIAS E CENTRALIDADES: A INFLUÊNCIA DE PONTA GROSSA NO CENÁRIO PARANAENSE

Gabriela Kratsch Sgarbossa

Resumo


As cidades médias são frequentemente apreciadas por suas características, sendo avaliadas como bons espaços para viver, investir e governar. No Brasil, considera-se que cidades médias são aquelas que possuem população entre 100 mil e 500 mil habitantes, intermediando fluxos e relações entre cidades de diferentes portes. Assim, a proposta deste trabalho é identificar o papel exercido pelo município de Ponta Grossa na rede de cidades paranaense. Por meio de pesquisa bibliográfica e documental, buscou-se compreender os conceitos referentes a cidades médias, redes urbanas e centralidades afim de embasar a discussão sobre o estudo de caso. A classificação de cidades médias é realizada a partir da análise da qualidade e complexidade das funções que estas efetuam, especialmente a intensidade das relações interurbanas, seu poder de intermediação nas relações entre cidades de diferentes portes e a sua capacidade de atuação como núcleo estratégico regional. Ponta Grossa é uma cidade que historicamente exerce função de pólo centralizador no território paranaense. Sua própria conformação, originada da atividade tropeira, condiciona a dinâmica polarizadora da localidade e possibilita sua transformação em núcleo urbano. A partir do início do século XX o município foi considerado o mais próspero do interior do estado e um dos principais centros urbanos da região sul do Brasil, captando investimentos e recebendo fluxos de migrantes provenientes das zonas rurais. Ao longo dos últimos anos Ponta Grossa perde parte de sua influência no cenário paranaense devido à sua proximidade com Curitiba e ao desenvolvimento de outras cidades como Guarapuava e Cascavel.

Palavras-chave


Cidades médias; Centralização; Polarização; Redes urbanas; Ponta Grossa.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Flamarion Dutra. Notas Teórico-Metodológicas entre Geografia Econômica e Desenvolvimento Regional. In: V Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, Santa Cruz do Sul - RS. 2011.

AMORIM FILHO, O. B.; RIGOTTI, J. I. R. Os limiares demográficos na caracterização das cidades médias. In: Anais do Encontro da Associação Brasileira de Estudos Populacionais, n. 8, p. 1-22, Ouro Preto, ABEP, 2002. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2008.

ARAÚJO, Mayara Mychella Sena; MOURA, Rosa; DIAS, Patrícia Chame. Cidades médias: uma categoria em discussão. In: PEREIRA, Rafael Henrique; FURTADO, Bernardo Alves (Org.). Dinâmica urbano-regional, rede urbana e suas interfaces. Brasília: Ipea, 2010. p.53-70

CARPEGEANI, Cleuza Barbosa de Freitas; REZENDE FILHO, Cyro de Barros. Caminho das Tropas: A Importância da preservação histórica e cultural como meio de preservação ambiental no Vale do Paraíba. Revista Ciências Humanas. Taubaté, v.1.n.1. 2009

CASTELLO BRANCO, Maria Luisa. Cidades médias no Brasil. In: SPOSITO, E. S.; SPOSITO, M. E. B.; SOBARZO, O. (Org.). Cidades médias: produção do espaço urbano e regional. São Paulo: Expressão Popular, 2006.

CORRÊA, Roberto Lobato. Posição geográfica de cidades. CIDADES. São Paulo, v. 1, n. 2, p. 317-323, 2004

DEFFONTAINES, Pierre. Como se constituiu no Brasil a Rede de Cidades. Boletim Geográfico. Rio de Janeiro, v. 2. n. 14. p. 141 – 148, 1944. Disponível em . Acesso em 21 de julho de 2017.

FERREIRA, Sandra Cristina. A centralidade de Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa e Guarapuava na rede urbana do Paraná. Revista Ra'e Ga - O Espaço Geográfico em Análise, Curitiba. v. 23. p. 06 – 31. 2011.

__________. Dinâmica demográfica em cidades de porte médio no estado do Paraná-Brasil. In: XIV Egal: Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2013, Lima. Reencontro de Saberes Territoriales latino Americanos, 2013.

FRASSON, Antonio Carlos; GOMES, Silvestre Alves. Tropeirismo: Processo Civilizatório da região sul do Brasil, 2010. Disponível em: . Acesso em 17 jun. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Regiões de influência das cidades, 2007. IBGE, 2007.

__________. Estimativas da População residente no Brasil e em Unidades da Federação – 2018. 2018. Disponível em: . Acesso em 20 set. 2018.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Caracterização e tendências da rede urbana do Brasil: estudos básicos para caracterização da rede urbana. IPEA, 2001.

MONARTIRSKY, Leonel Brizolla. A mitificação da ferrovia em Ponta Grossa. In: DITZEL, Carmencita de Holleben Mello; SAHR; Cicilian Luiza Löwen. Espaço e Cultura: Ponta Grossa e os Campos Gerais. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2001.

PETISCO, Andréa Celeste de Araújo. Cidades, regiões e redes: estudo teórico-metodológico sobre suas relações no contexto contemporâneo. 2011. 487 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2011.

PETUBA, Rosângela Maria Silva. Ponta Grossa: história e historiografia na construção da cidade encruzilhada. In: Congresso Internacional de História, II, Ponta Grossa, 2015. Anais eletrônicos... Ponta Grossa: Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG; Universidade Estadual do Centro-Oeste –UNICENTRO, 2015. p.1-10. Disponível em: . Acesso em: 23 jul. 2017.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA. Mapeamento estratégico para a identificação de potencialidades econômicas no município de Ponta Grossa – PR. Ponta Grossa, 2013.

SANTOS, Milton. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. 4. ed. 2. reimpr. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2006.

SAHR, Cicilian Luiza Löwen. O papel das cidades médias nas estratégias de desenvolvimento espacial do Paraná. Boletim de Geografia. Maringá. v. 19. n. 1. p. 21-33. 2001

SOUZA, Maria Adélia Aparecida de. Recompondo a história da região metropolitana: processo, teoria e ação. In: SILVA, Cátia Antônia da; FREIRE, Désirée Guichard; OLIVEIRA, Floriano José Godinho de (Orgs.). Metrópole: governo, sociedade e território. Rio de Janeiro: DP&A, FAPERJ. 2006

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Cidades médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

_________. Novas redes urbanas: cidades médias e pequenas no processo de globalização. Geografia, Rio Claro. v.35. n.1. p. 51 – 62, 2010.

STEINBERGER, Marília; BRUNA Gilda Collet. Cidades médias: elos do urbano - regional e do público – privado. In: ANDRADE, Thompson Almeida; SERRA, Rodrigo Valente (Orgs.). Cidades médias brasileiras. Rio de Janeiro: IPEA, 2001.

ZULIAN, Rosângela Wosiack. “A semente de uma grande cidade”: uma leitura dos discursos construídos sobre a fundação da cidade de Ponta Grossa (PR). Revista de História Regional, Ponta Grossa. v.14 n.1. p. 104-125, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Orbis Latina

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.

A Revista Orbis Latina, ISSN 2237-6976, usa o Open Journal Systems (OJS 2.4.6.0), sistema de código livre gratuito para a administração e a publicação de revistas, desenvolvido com suporte e distribuição pelo Public Knowledge Project sob a licença GNU General Public License.