A RELAÇÃO DA CRISE ESTRUTURAL DO CAPITAL E A CRISE DA DEMOCRACIA LIBERAL

Andrezza Caroline Bonkevich Suzim

Resumo


O objetivo deste artigo é o de verificar a simbiose entre capitalismo e democracia liberal atentando, a partir do ponto de vista de desenvolvimento histórico atrelado, desde o surgimento do capitalismo ao Pós Segunda Guerra Mundial (1939-1945), passando pela Guerra Fria, período no qual os Estados Unidos assumiram a “missão” de levar a democracia, o capitalismo e a liberdade para todo o mundo, em contraposição ao modelo político e econômico representado pelo socialismo real da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. Como objetivo específico, pretende-se verificar de que maneira a democracia passa a ser vista pela população em geral quando esta não mais atende suas necessidades, mas sim às necessidades que o capital possui para sua própria reprodução, trazendo luz a parte intrínseca do capital, que é a de subjugar a democracia – hipótese central do artigo. Dessa maneira, realizou-se uma pesquisa bibliográfica com relação ao tema do capitalismo histórico e da democracia em autores como Karl Marx, Vladimir Lênin, Rudolf Hilferding e em Joseph Schumpeter, Robert Dahl, Samuel Huntington e Carole Pateman, dentre outros. Portanto, este artigo buscará trazer algumas questões sobre a possibilidade ou não de o Estado ultrapassar estes problemas de não legitimidade e não reconhecimento dos cidadãos sobre a democracia.


Palavras-chave


Estado; Capitalismo; Economia; Capital; Democracia

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. M. A ilusão do neodesenvolvimentismo. Brasil de Fato. 2 de mar. 2005. SP.

BUKHARIN, Nikolai Ivanovitch. A economia mundial e o imperialismo. São Paulo: Abril Cultural, 1984.172 p.

CASTELLS, Manuel. Ruptura: A crise da democracia liberal. Rio de Janeiro: Zahar, 2018. 150 p.

CATAIA, Marcio Antonio. Território político: fundamento e fundação do Estado. Sociedade & Natureza, Uberlândia, 23 (1): 115-125, abr. 2011.

DOWNS, Anthony. Uma teoria econômica da democracia. São Paulo: EDUSP, 1999.

HILFERDING, Rudolf. O capital financeiro. 3ª ed. São Paulo: Nova Cultural, 1985. 341 p.

HUNTINGTON, Samuel. A terceira onda: a democratização no final do século XX. São Paulo: Ática, 1994.

LÊNIN, Vladimir Ilich. O Imperialismo, etapa superior do capitalismo. Campinas: Navegando Publicações, 2011. Disponível em: www.eventohistedbr.com.br/editora/wp-content/uploads/2011/07/lenin_imperialismo_navegando_ebook.pdf. Acesso em: 15 abr. 2015.

MARX, Karl. O capital, crítica da economia política, Volume 1, Tomo 1. São Paulo: Nova Cultural Ltda, 1996. Disponível em: www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_fontes/acer_marx/ocapital-1.pdf. Acesso em: 25 nov. 2019.

MARX, Karl. O capital, crítica da economia política, Volume 1, Tomo 2. São Paulo: Nova Cultural Ltda, 1996. Disponível em: www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_fontes/acer_marx/ocapital-2.pdf. Acesso em: 25 nov. 2019.

MARX, Karl. O Capital, Volume 3, Tomo 1. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

MARX, Karl. O Capital, Volume 3, Tomo 2. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

OLIVEIRA, Heloísa Maria José de. A democracia em suas versões elitista e participativa e o modelo da autonomia democrática. Katálysis, v. 06, n. 01, jan./jun. 2003, Florianópolis-SC, 21-27. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/katalysis/article/view/7176/6617. Acesso em 03 dez. 2019.

ROCHA, Marco Antonio Martins. Grupos Econômicos e Capital Financeiro: Uma História Recente do Grande Capital Brasileiro. Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia – Tese de Doutorado em Economia – 2013. Disponível em: www3.eco.unicamp.br/neit/images/Downloads/Marco_Rocha_TESE_Grupos_Econmicos_e_Capital_Financeiro_2013.pdf. Acesso em: 27 nov. 2019.

SMITH, Peter H. ZIEGLER, Melissa R. Democracias liberal e iliberal na América Latina. Opinão Pública, vol. 15 no. 2. Campinas, Nov. 2009. ISSN 0104-6276. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-62762009000200004. Acesso em 03 dez. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Orbis Latina

URL da licença: https://www.gnu.org/licenses/gpl-3.0.pt-br.html

Licença Creative Commons
Licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Não Adaptada.

A Revista Orbis Latina, ISSN 2237-6976, usa o Open Journal Systems (OJS 2.4.6.0), sistema de código livre gratuito para a administração e a publicação de revistas, desenvolvido com suporte e distribuição pelo Public Knowledge Project sob a licença GNU General Public License.

* Veja nosso perfil no Google Scholar.