Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Latino-Americana de Estudos Avançados?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

NORMAS DE APRESENTAÇÃO

Todos os manuscritos submetidos às seções dos dossiês devem seguir as normas a seguir.

Os trabalhos devem ser em português, espanhol ou inglês. Outras línguas podem estar integradas no corpo do texto, notas e apêndices.

Utilizar fonte Times New Roman em tamanhos 16 (título do artigo), 14 (nome de autores e títulos de itens), 12 (corpo do texto) e 10 (citações com mais de três linhas e notas), bem como configuração de página A4, margem superior/inferior 2,5 cm e esquerda/direita 3,0 cm

1. Primeira lauda

  • Títulos em português, espanhol e inglês
  • Nome(s) do(s) autor(es)
  • Filiação e email do(s) autor(es) em nota de rodapé

2. A partir da segunda lauda

  • Apenas o título, sem nome do autor
  • Resumos em português, espanhol e inglês, limitados a 600 caracteres com espaços (aproximadamente 10 linhas)
  • Entre 3 e 5 palavras-chaves, abaixo dos resumos
  • Excepcionalmente, resumo opcional em outro idioma
  • Corpo do texto. O artigo deve conter no máximo 30 páginas e há outras especificações (ver seções da revista)

3. Elementos textuais

  • Títulos dos itens sem numerar, por exemplo: Introdução, Teoria e Metodologia, Tema principal, Conclusão, Referências 
  • Corpo do texto com referências no sistema autor-data, podendo conter citações de até três linhas
  • Citações com mais de três linhas devem figurar com recuo de 4 cm da margem esquerda, sem aspas 
  • Notas de rodapé, utilizadas de forma parcimoniosa e de preferência sucintas

4. Elementos gráficos

  • imagens fotográficas ou desenhos gráficos devem ser encaminhados em formato original (.jpeg, .tiff, .png), com resolução mínima de 300 dpi, e em arquivos separados 
  • não inserir as imagens no arquivo do texto, devendo cada imagem ser numerada para orientar a inserção, por exemplo, IMAGEM 01 
  • no texto deve ser indicado por colchetes o local aproximado para a inserção da imagem, como [IMAGEM 02 - deve constar legendas] 
  • quadros, tabelas e gráficos também devem ser acompanhados de legendas explicativas e com referências da fonte 

5. Citações

Sistema autor-data, podendo-se utilizar a expressão et al. (sem itálico) para referências com mais de dois autores ou organizadores, e a expressão apud (sem itálico) para citações indiretas, mencionando-se a fonte original no corpo do texto ou em nota de rodapé.

Não utilizar as expressões op. cit.; ibid.; ibidem; id.; idem.

Não utilizar pp. para trechos citados de mais de uma página, somente p. 07-23. A mesma norma para a seção de Referências no final do trabalho.

Pode haver citações em língua distinta à utilizada pelo autor no corpo do texto (o que deve ser destacado em itálico). Isto para citações em português, espanhol e inglês como língua distinta a do corpo do texto. Preferencialmente, evitar o contraste, apresentando apenas o original ou a tradução para padronizar o discurso em apenas uma língua. Para demais línguas, quando mantidos os originais, devem ser traduzidos em nota de rodapé. Por exemplo, em um artigo em espanhol, se há citação em francês da fonte de origem, esta citação deve ser traduzida para o espanhol em nota de rodapé. 

5.1. Citações com até três linhas

Entre aspas dentro do parágrafo, de duas formas:

- Segundo López Austin e López Luján (2001, p. 180) "En la arquitectura se difunden las salas hipóstilas que posibilitan la construcción de amplios espacios interiores, además del uso del tzonpantli".

- É assim que "En la arquitectura se difunden las salas hipóstilas que posibilitan la construcción de amplios espacios interiores, además del uso del tzonpantli" (LÓPEZ AUSTIN; LÓPEZ LUJÁN, 2001, p. 180).

As referências a autores com dois ou mais sobrenomes pode considerar uma composição (SILVA FILHO), mas, normalmente, deve considerar apenas o último sobrenome. Contudo, particularmente na comunidade hispanofalante, deve considerar o primeiro sobrenome. Acima, foram colocados dois sobrenomes de dois autores hispanofalantes, porque o primeiro sobrenome, López, é comum a ambos.   

Em caso de citação de textos com mais de três autores, indicar apenas o primeiro nome:

- Como apontam alguns investigadores, "A relutância na aceitação da questão das 'drogas' enquanto um campo de pesquisa (...) parece ser resultado de três tipos de equívocos comuns" (LABATE et al., 2008, p. 27)

5.2. Citações com mais de três linhas

- como início de oração ou parágrafo, colocar maiúscula. Antes, no corpo do texto, dois pontos, assim:

La mayor parte de los iniciados dice que la Gnosis (...) viene a continuación de la extinción (fanâ) de la existencia y de la extinción de esta extinción (fanâ el-fanâ'i). Pero esta opinión es falsa, pues parte de un error manifiesto. La Gnosis no exige la extinción de la existencia y la extinción de esta extinción... (IBN ARABI, 2002, p. 24).

- como trecho de oração ou parágrafo já iniciado, colocar minúscula. Antes, no corpo do texto, colocar vírgula, ou sem vírgula, dessa forma

dice que la Gnosis (...) viene a continuación de la extinción (fanâ) de la existencia y de la extinción de esta extinción (fanâ el-fanâ'i). Pero esta opinión es falsa, pues parte de un error manifiesto. La Gnosis no exige la extinción de la existencia y la extinción de esta extinción... (IBN ARABI, 2002, p. 24).

5.3. Notas de rodapé

No corpo do texto, o número indicativo da nota deve vir após ponto final, vírgula, parênteses, e sem espaço, ou, excepcionalmente, junto a uma palavra (também sem espaço).

As notas devem servir para explicações e observações complementares importantes, remissivas. Ocasionalmente, podem conter citações.

As notas podem conter a referência de documentos de arquivos e similares. Na primeira vez que aparece, o nome do repositório deve vir por extenso, e nas outras vezes, apenas a sigla. Nesses casos, as siglas e nomes dos repositórios de acervos de documentos devem anteceder a seção das Referências, em lista:

AAL - Archivo Arzobispal de Lima
BNF - Biblioteca Nacional da França, Paris

6. Referências

O material bibliográfico citado deve constituir obrigatoriamente uma lista única, sob o título Referências. Podem constar materiais apenas consultados ou aludidos, sempre que considerados pelo autor como essenciais no trabalho. A lista deve ser em ordem alfabética por sobrenome de autor.

Não colocar o número da edição, apenas o local e ano de publicação da edição consultada. Não colocar nomes de coleções, nem número de páginas de livros, nem tradutores. Excepcionalmente, se relevantes em contexto, essas informações podem constar em nota de rodapé após a citação.

6.1. Quanto a obras consultadas on-line, deve constar:

Disponível em: <https://ojs.unila.edu.br/ojs/index.php/IMEAUNILA>. Acesso em: 5 mai. 2015.

6.2. Quanto a obras em suporte eletrônico (DVD, CD-ROM), essa informação deve constar em parênteses após a identificação do título.

6.3. Referências de livros, artigos e outros

- um autor

SARMIENTO, Domingo F. Facundo ou civilização e barbárie. São Paulo: Cosac Naify, 2010.

- dois ou mais autores

HUACUJA R., Mario; WOLDENBERG, Jose. Estado y lucha política en el México actual. México: Ediciones 'El Caballito', 1991.

- capítulo de livro

HENMAN, Anthony R. A coca como planta mestra: reforma e nova ética. In: LABATE, B.C.; GOULART, S.; FIORE, M.; MacRAE, E.; CARNEIRO, H. (Orgs.). Drogas e cultura: novas perspectivas. Salvador: EDUFBA, 2008, p. 369-381.

- artigos de revista

GOROVITZ, Matheus. Da educação do juízo de gosto. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 79, n. 193, p. 86-94, set./dez. 1998.

BOYD, A. L.; SAMID, D. Molecular biology of transgenic animals. Journal of Animal Science, Albany, v. 71, n. 3, p. 1-9, 1993.

- artigos de jornal

LEAL, L. N. MP fiscaliza com autonomia total. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 3, 25 abr. 1999.

PORTER, E. This time, it´s not the economy. The New York Times, New York, 24 Oct. 2006. Disponível em: <http://www.nytimes.com/2006/10/24/business/24econ.html?_r=1&ref=business&oref=slogin>. Acesso em: 24 oct. 2006.

- teses e dissertações

ARAÚJO, Ubiratan A. M. Máscaras inteiriças tukúna. 1985. Dissertação (Mestrado) – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, São Paulo, 1986.

- documentos oficiais

BRASIL. Constituição (1988). Emenda Constitucional nº 9, de 9 de novembro de 1995. Dá nova redação ao art. 177 da Constituição Federal, alterando e inserindo parágrafos. Lex: legislação federal e marginalia, São Paulo, v. 59, p. 1966, out./dez. 1995.

BRASIL. Ministério da Saúde. Divisão Nacional de Vigilância Sanitária de Alimentos. Portaria nº 1, de 04 de abril de 1986. In: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE ALIMENTAÇÃO. Compêndio da legislação de alimentos. São Paulo: ABIA, 1987. v. 1A.

- trabalhos publicados em anais de congresso

GUNCHO, M. R. A educação a distância e a biblioteca universitária. In: SEMINÁRIO DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 10., 1998. Fortaleza. Anais... Fortaleza: Tec Treina, 1998 (1 CDROM).

 

 

 

 

 

 

 

       

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. Indicação de 2 (dois) Pareceristas ad-hoc

    Escrever nos Comentários para o Editor o nome completo e email da indicação. Esta indicação é opcional.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.