A contribuição de Alberto Guerreiro Ramos para a descolonização das ciências sociais no Brasil

Gustavo Costa de Souza, Izadora Pereira Mendonça

Resumo


Este trabalho apresenta, em três partes, uma sinopse da contribuição de Alberto Guerreiro Ramos para a descolonização das ciências sociais no Brasil. Partimos de uma breve apresentação do autor; em seguida destacamos elementos fundamentais de seu pensamento, presente na teoria da Redução Sociológica, atitude metódica requerida ao sociólogo comprometido com o projeto o de existência histórica de sua comunidade, característica perene em sua obra; e, ao final, buscamos exemplificar a sociologia militante proposta por este autor a partir da reflexão referente ao ‘problema do negro’ no Brasil. 


Texto completo:

PDF

Referências


BRIGAGÃO, C. Da sociologia em mangas de camisa à túnica inconsútil do saber. In: GUERREIRO RAMOS, A. Introdução crítica à sociologia brasileira. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 1995. 8-18 p.

CAMPOS, L. A. “O negro é povo no brasil”: afirmação da negritude e democracia racial em Alberto Guerreiro Ramos (1948-1955) Caderno CRH, Salvador, v. 28, n. 73, p. 91-110, Jan./Abr. 2015.

DOU, Diário Oficial da União - Seção 1 - 15/7/1955, Página 13641. Decreto nº 37.608, de 14 de Julho de 1955.

FGV-CPDOC, Dicionário Histórico Biográfico Brasileiro pós 1930. 2ª ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2001.

GUERREIRO RAMOS, A. Introdução crítica à sociologia brasileira. Rio de Janeiro: Editorial ANDES Limitada, 1957 [Ed. UFRJ, 1995]

_____________. A redução sociológica. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1965.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.