O fatalismo como estratégia colonial

Raphael Santos Lapa

Resumo


Entender o contexto político e ético de estaticidade que permeia uma sociedade colonizada é o objetivo do presente artigo. O caminho trilhado para tal é a tentativa de entendimento de como a noção de fatalismo afeta as ações políticas e morais de uma coletividade. Com esse intuito será realizada uma investigação que é transversal a três tipos de fatalismo: o científico, o religioso e o metafísico.


Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Hannah. Origens do totalitarismo - Antissemitismo, Imperialismo, Totalitarismo. Tradução Roberto Raposo. Companhia das Letras, 1990

BENSUSAN, Hilan. Linhas de Animismo Futuro. Brasília. Editora IEB. 2017

BENJAMIN, Walter. 2013. O capitalismo como religião. Rio de Janeiro. Boitempo Editorial. 2013

DUMMETT, Michael. "Bringing about the past", Philosophical Review, vol. 73, pp. 338-359, 1964.

FANON, Frantz. Peles negras, máscaras brancas. EDUFBA. Salvador. 2008

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 7. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra. 1977

GALTON, Francis. Inquiries into human faculty and its development. London: Macmillan and Co, 1883. Disponível em: https://goo.gl/RGEW3j

KROB, Daniéli B. Teologia Feminista Latino-Americana, Teologia Feminista Negra e Teologia Ecofeminista: partes de um todo. Disponivel em: https://goo.gl/4u4Je4 Acesso em 20 de novembro de 2017.

LA BOÉTIE. Discurso sobre a servidão voluntária. Cultura Brasil. 2006

LOURENÇO, Rodrigues. A origem das raças – Raça negra. 1992.

MBEMBE, Achille. Crítica da Razão Negra. Antígona. 2014.

_________. Necropolítica. Melusina. 2006.

MEYER, Ulrich. Fatalism as a Metaphysical Thesis. Manuscrito, Campinas , v. 39, n. 4, p. 203-223, Dec. 2016 . Available from . access on 10 Jan. 2018. http://dx.doi.org/10.1590/0100-6045.2016.v39n4.um.

QUIJANO, Aníbal. Que tal raza. Alai, v. 1, n. 1, 1998.

_________. Colonialidade, poder, globalização e democracia. Novos Rumos. Ano 17, nº 37. 2002. Disponível em: goo.gl/ud9rjZ

SARAIVA, F. R. dos Santos. Dicionário Latino-Português: etimológico, prosódico, histórico, geográfico, mitológico e biográfico. Belo Horizonte. Editora Garnier. 2006

ZUBERI, Tukufu. Critical Race Theory of Society. Connecticut Law Review. Vol. 43. N. 5. Connecticut. Julho de 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Raphael Santos Lapa