Patrimônio Cultural e Memória Social das Missões Jesuíticas-Guarani – Ruínas de São Miguel: Ação Patrimonial e Identidade Ameríndia na Região Platina da América do Sul

Walmir Pereira

Resumo


Resumo: O objetivo do artigo é realizar uma análise do processo contemporâneo de (re)significação das Missões Jesuíticas Guarani – Ruínas de São Miguel – como patrimônio cultural da humanidade, incorporada pela tradição oral e identidade indígena no limiar do século XXI. Com essa finalidade, se analisam os documentos referentes à ação patrimonial do IPHAN, da UNESCO e a concepção nativa indígena emanada do discurso expresso na memoria mítico histórica dos Guarani Mbya do Rio Grande do Sul, Brasil.

Palavras-chave: Guarani Mbya; Patrimônio Cultural; Ruínas das Missões Jesuítico-Guarani de São Miguel; Tradição Oral.


Resumen: El objetivo de este trabajo es hacer un análisis del proceso contemporáneo de la (re) significación de las Misiones Jesuítico-Guaraní – Ruinas de San Miguel – como patrimonio cultural de la humanidad, incorporada a la tradición oral y la identidad autóctona en comienzos del siglo XXI. Con esa finalidad, se analizan los documentos relativos a la acción patrimonial del IPHAN, la UNESCO y la concepción indígena emanada del discurso expreso en la memoria mítico-histórica de los Guaraní-Mbya de Rio Grande do Sul, Brasil.

Palabras clave: Guarany-Mbya; herencia cultural; ruinas de las Misiones Jesuítico-Guaraní de San Miguel; tradición oral.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Digital do Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História- Universidade Federal da Integração Latino-Americana-UNILA

ISSN 2317-2738