Sobre a Revista

A revista SURES, periodico do Instituto Latino-Americano de Artes, Cultura e História e Cultura da UNILA, surge com a proposta de apoiar a pesquisa interdisciplinar e de contribuir para o desafio de pensar de modo plural as epistemologias do hemisfério sul.

ISSN: 2317-2738

Notícias

Edição Atual

n. 15 (2020): ESTADO, AMÉRICA LATINA E COVID-19
					Visualizar n. 15 (2020): ESTADO, AMÉRICA LATINA E COVID-19

Neste número 15, a Revista SURES mergulha no terreno movediço da história contemporânea e soma-se ao esforço global de lançar interpretações sobre acontecimentos extraordinários que passam diante e através de nós, mesmo ainda que inacabados. Para lidar com tal desafio e almejando contribuir tanto com as Ciências Sociais quanto com reflexão/produção cultural, juntam-se aqui olhares intempestivos que procuram expor as fraturas e as trevas de nosso tempo, mas que não se furtam em dar luz sobre os traços do porvir.

 

A Pandemia de SARS-Covid-2 que assola o mundo é produto do modelo de globalização destrutiva que impusemos ao planeta e à vida. Ao mesmo tempo, quase como um contra-golpe, a crise humanitária que vivemos expõe a desigualdade desse sistema mundo ancorado na reificação do capital e na mercantilização da existência. Somente uma sociedade que avança de forma tão devastadora sobre a natureza e preenche quase todos os espaços humanos de desigualdade poderia ser berço para uma situação como a que vivemos hoje.

 

Já estabelecida por todo o globo desde que o vírus trafegou pelas veias abertas do capitalismo global, a pandemia passou a impor um teste extremo sobre os princípios estruturantes do sistema mundo contemporâneo. As fraturas expostas tornam evidentes as dores antes encobertas pela lentidão e complexidade dos processos históricos em que estávamos imersos. A desigualdade de acesso à saúde, o fardo sobre a vida das mulheres, a contínua concentração de capital em meio à catástrofe, o descaso e a violência com as populações negras e, por fim, o desdém pela vida em si, emergiu rompante diante de nós. Em paralelo, em meio a esse turbilhão, consolidaram-se também novos laços de solidariedade e luta que prometem produzir novas e bem-vindas utopias e uchronias.

 

Os impactos da pandemia são de tal ordem que as temporalidades e espacialidades da existência humana e social foram definitivamente afetadas. O tempo e o espaço do trabalho, dos laços sociais e familiares, do afeto e das relações de solidariedade são apenas alguns exemplos das dimensões transformadas, tanto pela difusão do COVID-19 quanto pelas diversas formas de reação dos Estados Nacionais. O cenário atual expôs e aprofundou os diferentes graus de cuidado que forças políticas hegemônicas possuem diante da proteção da vida em si, variando desde a busca pela proteção máxima até o desdém reacionário e necropolítico pela ciência e pela vida.

 

Com a pandemia ainda em andamento, nos encontramos apenas no começo da tarefa analítica que cabe a Universidade e pesquisadores neste momento. Certamente, desvendar os efeitos desse cenário sobre a vida constituirá uma longa caminhada. A Revista Sures disponibiliza-se para contribuir com esse processo e entende a necessidade de discutir os acontecimentos recentes, porque discutir nosso presente é uma das funções das ciências humanas, principalmente eventos de imenso impacto e efeitos sobre nossa sociedade e que dizem tanto sobre o sistema ao qual está submetida. Nosso foco, como não poderia deixar de ser, está nas regiões periféricas do sistema mundo e, especialmente, sobre Nuestra América. Neste número, compartilhamos olhares sobre proteção social, vulnerabilidade, tristeza e saudade em tempos de Covid-19. Sobrevoamos territórios andinos e ribeirinhos até chegar a Foz do Rio Iguaçu. E, por fim, destacamos a inserção da mostra de artes visuais da Casa de Cultura da UNB, mulheres latino-americana; e a entrevista “Uma interpretação crítica e social dos números da pandemia", com o professor da Unioeste, Gilberto Calil.

 

Boa leitura e acesse aqui a edição completa!

>>>Organização<<<

Clécio Ferreira Mendes

Doutor em História pela PUC-SP e Prof. do Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História – ILAACH - UNILA

Michele Dacas 

Relações Públicas da Unila e doutora em comunicação social pela UFMG

Rogério Gimenes Giugliano

Doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília - UNB e Prof. do Instituto Latino-Americano de Economia, Sociedade e Política - ILAESP - UNILA

 

Publicado: 2020-12-18

Dossiê

Artigos

Ver Todas as Edições

A revista SURES, de periodicidade semestral e em formato digital,  surge com a proposta de apoiar a pesquisa interdisciplinar e de contribuir para o desafio de pensar de modo plural as epistemologias do hemisfério sul. Por isso se define como veículo de desafios, difusão e debate de ideias, estudos e relatos de experiências, além de se constituir em espaço aberto à comunidade acadêmica, não apenas latino-americana mas internacional, que traduzam reflexões de caráter transnacional sobre temas dos mais variados enfoques e que iluminem as relações interculturais no século XXI.

O veículo se constituirá em um espaço aberto à comunidade acadêmica, com foco na atividade crítica, tanto no que diz respeito às categorias conceituais como em seus desdobramentos estéticos, éticos e políticos.

A revista SURES tem ainda o propósito de divulgar conhecimentos, saberes, línguas originárias e propostas teóricas e práticas inéditas sobre a atuação na pesquisa do Instituto de Arte, Cultura e História da Universidade Federal da Integração Latino-americana e contribuir para a formação de recursos humanos na pós-graduação.

 

Conselho Editorial

Diana Araujo Pereira (UNILA)
Jorgelina Ivana Tallei (UNILA)
Michele Dacas (UNILA)
Paulo Renato Silva (UNILA)