Apatheid nos Territórios Palestinos Ocupados?

O que dizem os relatórios do CEIPI

Autores

  • Fabio Bacila Sahd UFMA
  • Domingos da Cruz Junior

Resumo

No presente trabalho analisamos os relatórios produzidos pelo Comitê Especial de Investigação das Práticas Israelenses Afetando os Direitos Humanos do Povo Palestino e Outros Árabes dos Territórios Ocupados (CEIPI), entre 1970 e 1987. Essa documentação contém denúncias de vários crimes, subsequentemente praticados pelo Estado de Israel, que no seu conjunto possibilitam uma comparação com a tipificação de apartheid feita pelo direito internacional, o que já está banalizado em narrativas midiáticas e em estudos acadêmicos. Exporemos as principais considerações dessa relatoria, vinculada ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, dividindo-as conforme a natureza dos delitos denunciados, para facilitar o contraponto com a definição de apartheid. Para ir além da classificação jurídica rígida, entendendo a especificidade da situação, discutiremos também parte da bibliografia. 

Biografia do Autor

Fabio Bacila Sahd, UFMA

Doutorado em ciências humans (USP), professor adjunto do colegiado de ciências humanas/sociologia, Centro Bacabal. 

Domingos da Cruz Junior

Licenciado em História pela Universidade Estadual de Santa Cruz, pesquisador voluntário na pesquisa em andamento, com financiamento do CNPQ.

Downloads

Publicado

2021-02-26

Edição

Seção

Artigos/Ensaios