Compreensões da prática de gravação em vídeo de microensino na formação de professores de Química

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30705/eqpv.v5i1.2613

Resumo

Esse estudo, como parte de pesquisa de mestrado, objetivou identificar e reconhecer como a ferramenta de gravação em vídeo de práticas de microensino é concebida e explorada pelos professores formadores que lecionam os estágios supervisionados do curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal X, bem como as intencionalidades que os movem. Os procedimentos metodológicos de produção de dados consistiram em entrevistas semiestruturadas com os professores de estágio supervisionado do curso, e a análise dos dados seguiu os passos da Análise Textual Discursiva de Moraes e Galiazzi (2007). A partir da categoria emergente “compreensões dos efeitos obtidos por meio do desenvolvimento da prática”, se evidenciou que os docentes ainda não possuem clareza teórico-metodológica quanto à finalidade das gravações da prática de microensino articulada ao seu uso como ferramenta mediadora.

Biografia do Autor

Francieli Martins Chibiaque, Universidade Federal do Pampa

Doutoranda em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Pampa campus Uruguaiana, Mestra em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande campus Carreiros e Licenciada em Química pela Universidade Federal do Pampa campus Bagé. Participa dos grupos de pesquisa COMCIÊNCIA - Grupo de Pesquisa em Ambiente, Educação, Ciênciometria e Ensino de Ciências e GEQPC - Grupo de Educação Química na produção curricular área de CNT. Desenvolve pesquisas na área de Formação de Professores e Ensino de Ciências.

Jaqueline Ritter, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Pós-doutorado em Didáctica de las ciencias experimentales en la Universidad Autónioma de Madrid (UAM), Espanha. Professora Adjunta na Escola de Química e Alimentos (EQA) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Mestrado (2011) e doutorado (2015) em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ/RS com um período de doutorado Sanduiche na Universidade Autónoma de Madrid (UAM), na Espanha. Possui graduação em Ciências Plenas - Habilitação em Química - UNIJUÍ/RS (2001) e Especialização em Gestão e Apoio Pedagógico na Escola Básica pela Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ/RS (2003).  Professora do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências PPGEC/FURG - Química da vida e saúde. Desenvolve pesquisa em Educação na área de Formação de Professores e desenvolvimento de Currículo com ênfase na Abordagem histórico-cultural. Coordena o Grupo de Pesquisa GEQPC / FURG - Grupo de Educação Química na produção curricular - Área de CNT.

Downloads

Publicado

2021-07-02

Edição

Seção

Dossiê: Estágio Supervisionado na Licenciatura em Química - diferentes olhares