Sobre a Revista

Frontería - Revista do Programa de Pós-Graduação em Literatura Comparada

Publicação Semestral

Universidade Federal da Integração Latino- Americana (UNILA)

Avenida Silvio Américo Sasdelli, 1842 - Bairro Itaipu A, Edifício Comercial Lorivo

CEP: 85866-000 | Caixa Postal 2044 - Foz do Iguaçu - Paraná

ISSN: 2675-9470

 

Editora

Débora Cota

Bolsista: Julia Pereira Matias

 

Editores de Texto

Antonio Rediver Guizzo

Cristina Alegretti Tori

Cledison Ignacio

Débora Cota

Julia Pereira Matias

 

Foco e Escopo

A Frontería: Revista do Programa de Pós-Graduação em Literatura Comparada (PPGLC) da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) visa ser um espaço de debate e divulgação de pesquisas comparatistas e de teorias da literatura voltadas ao âmbito latino-americano e caribenho. A revista Frontería publica, semestralmente, artigos inéditos ou tradução de textos críticos e teóricos de real interesse para a área, resenhas bibliográficas e entrevistas. Os textos podem ou não ser agrupados em dossiê temático que concentre discussões contemporâneas de interesse na América Latina e Caribe.  

A revista Frontería está aberta a contribuições de pesquisadores(as) oriundos(as) de instituições nacionais e internacionais, latino-americanos ou não. Seu conteúdo é de acesso livre e os textos submetidos passam por um processo de análise por pares, ou seja, serão lidos por pelo menos dois consultores ad hoc, escolhidos entre especialistas da área.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os manuscritos submetidos para quaisquer seções do periódico passam por processo de avaliação. Quando previamente aprovados pelos organizadores do dossiê e quando estão de acordo com as características textuais solicitadas, são avaliados pelo Editor-Chefe. Caso estejam dentro do foco e escopo da revista e formalmente corretos, os manuscritos são distribuídos para, pelo menos, dois avaliadores, cujas pesquisas tenham afinidade ou proximidade com a temática dos originais, resguardados os eventuais conflitos de interesses que porventura possam existir. É assegurado, durante todo o processo de avaliação, o anonimato das partes envolvidas. A decisão final sobre a aprovação ou não dos manuscritos cabe à Comissão Editorial do periódico.

A aceitação final dos artigos depende dos seguintes critérios:

  • Recomendação dos pareceristas;

  • Efetivação dos ajustes necessários pelo(s) autores(es);

  • Aprovação pela Comissão Editorial.

 

Política para Dossiês

Os dossiês reúnem trabalhos que enfoquem uma temática determinada. O objetivo principal é fomentar a discussão acadêmica de alto nível em diversos temas e considerar a multiplicidade de pontos de vista. Os dossiês devem ser propostos espontaneamente ao Editor por dois pesquisadores doutores e, preferencialmente, de diferentes instituições. A Comissão Editorial delibera sobre a pertinência ou não da proposta encaminhada. Todos os manuscritos submetidos para um determinado dossiê devem ser submetidos por meio do sistema eletrônico da revista. Se considerados relevantes pelos organizadores do dossiê e pelo Editor-Chefe, passam pela avaliação cega (blind review) por, pelo menos, dois pareceristas ad hoc designados pelo Editor-Chefe. Há um período de tempo previamente fixado para submissões, divulgado no Call for Papers. Reservam-se, pelo menos, quatro meses entre a divulgação da Chamada e o prazo final para submissões.

 

Políticas para seção livre

A sessão livre comporta artigos cujos temas estão em diálogo com o escopo geral da revista.

 

Fontes de Apoio

  • Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA)
  • Programa de Pós-Graduação em Literatura Comparada (PPGLC)
  • Pró-Reitoria de Extensão - UNILA