Atividades experimentais de química nos livros didáticos de Ciências do 9º ano do PNLD 2017

Autores

  • Caroline Fortuna Universidade Estadual de Maringá
  • Rosana Franzen Leite Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar as atividades experimentais de Química nos livros didáticos (LDs) de Ciência pertencentes ao Ensino Fundamental II. As atividades experimentais são de grande importância para ensino de ciência, pois oportunizam o diálogo entre a teoria a experimental. Foram analisadas 12 coleções aprovadas pelo PNLD 2017, utilizando os pressupostos da Análise de Conteúdo, no que tange às características: Empírico-Indutivista; Demonstrativa; Ilustrativa e Investigativa. Como resultados, observamos que todos os LDs de Ciências de 9º ano apresentaram experimentos de Química, sendo que a categoria Ilustrativa foi a que mais apresentou mais atividades experimentais, seguida pela Investigativa e a Empírico-Indutivista, enquanto e Demonstrativa foi que esteve em menor proporção. Dentre as categorias citadas anteriormente, consideramos que categoria investigativa seja a mais promissora no processo de ensino e aprendizagem, pois permite que o estudante trabalhe de forma ativa na construção do conhecimento.

Biografia do Autor

Caroline Fortuna, Universidade Estadual de Maringá

Mestranda em Química pela Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Rosana Franzen Leite , Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Educação em Ciências pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Professora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE, Brasil)

Downloads

Publicado

2021-12-31

Edição

Seção

Pesquisa en Punto de Vista