Animes no Ensino de Química: investigação do potencial didático e aplicação utilizando sequência didática

Autores

  • Marina de Monroe Gonçalves Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Andréa Aparecida Ribeiro Alves Universidade Federal Fluminense (UFF)

Resumo

A Química no Ensino Médio tem sido ministrada de forma desmotivadora e descontextualizada, o que leva a dificuldades na aprendizagem e, consequentemente, a baixos rendimentos. Por isso, com o intuito de mudar esta realidade, este trabalho visou investigar o potencial didático de animes no ensino de Química através da aplicação da sequência didática “Química Nuclear” utilizando dois animes como recurso didático, com o propósito de motivar os discentes e favorecer a aprendizagem. O trabalho utilizou os pressupostos teóricos metodológicos de Vygotsky no uso da sequência didática “Três momentos pedagógicos” de Delizoicov, Angotti e Pernambuco, visando inserir esta abordagem didática como facilitadora do conhecimento, buscando interação com o cotidiano correlacionando os conteúdos químicos com os animes. A partir dos resultados obtidos na intervenção em Metodologia e Instrumentação para o Ensino de Química I e na aplicação da sequência didática em um Colégio Estatual, foi possível constatar a aplicabilidade desse recurso.

Biografia do Autor

Marina de Monroe Gonçalves, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Licenciada em Química pela Universidade Federal Fluminense.

Andréa Aparecida Ribeiro Alves, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Doutora e Mestre em Ciências: em Química, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com foco em Química de Aroma e Química Analítica. Especialista em Química pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Bacharel com atribuições tecnológicas em Química pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio) e Licenciada em Química pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Downloads

Publicado

2021-12-31

Edição

Seção

Produtos Educacionais e Intervenções em Sala de Aula