Concepções dos alunos sobre o uso de simulações interativas como ferramenta no ensino de Química

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30705/eqpv.v4i2.2623

Resumo

A educação e a tecnologia andam lado a lado na atualidade, pois vivemos em um mundo globalizado, em que existem várias formas de aprender a partir do uso de tecnológicas. Assim, a pesquisa teve como objetivo diagnosticar as dificuldades dos alunos nas disciplinas cursadas e paltar o uso das TICs para sanar esses problemas. O trabalho constitui-se de uma pesquisa exploratória, estudo de caso e abordagem qualitativa, com 20 alunos, do curso de Licenciatura em Química, do IFPI. A coleta dos dados foi por questionário, com análise de conteúdo. Observou que o uso da tecnologia tornou mais atraente e profícuo para os alunos na sua arte de aprender os conteúdos da disciplina. Além disso, acharam interessante e relevante utilização da ferrameta, em que tornou mais fácil, real, significativo. As tecnologias quando utilizadas com o propósito de auxiliar a aprendizagem, ampliam as formas de conhecimento e as práticas pedagógicas dos envolvidos.

Biografia do Autor

Ronaldo da Silva Borges, Universidade Federal do Piauí-UFPI

Mestre em Química pela Universidade Federal do Piauí.

Ézio Raul Alves Sá, Universidade Federal do Piauí-UFPI

Mestre em Química pela Universidade Federal do Piauí. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)

Nataly Maria de Oliveira Sousa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí-IFPI

Graduada em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Edição

Seção

Pesquisa en Punto de Vista