A potencialidade lúdica nos livros didáticos de ciências dos anos iniciais

Autores

  • Lindéia Alves Saraiva Pavioti Universidade Federal do ABC https://orcid.org/0000-0002-5228-7897
  • Maisa Helena Altarugio universidade federal do ABC (UFABC)

Resumo

Considerando o livro didático como sendo ainda o principal recurso do professor; a importância das atividades lúdicas no ensino e aprendizagem das crianças nos anos iniciais e a contribuição da Aprendizagem Significativa Crítica (ASC) para a alfabetização científica, este trabalho busca demonstrar a potencialidade das atividades lúdicas, aliada à intencionalidade do professor, presentes nos livros de Ciências do PNLD (Programa Nacional do Livro Didático) 2019. Realizou-se a análise em 10 livros de ciências do 1º ano referente ao tema corpo humano. As análises das práticas lúdicas foram subsidiadas pelas modalidades de brincadeiras: Brinquedo educativo, Brincadeiras Tradicionais Infantis, Brincadeiras de Faz de Conta e Brincadeiras de Construção. Embora tenham sido encontradas lacunas importantes nas modalidades de brincadeiras, em prejuízo do desenvolvimento de certas habilidades infantis, revelou-se potenciais contribuições para uma Aprendizagem Significativa Crítica. Concluímos pela necessidade de diversificar e de valorizar as atividades lúdicas nos livros didáticos de ciências, e pela importância investir na formação de professores para o uso e aplicação consciente desse recurso didático na educação das crianças.

Downloads

Publicado

2021-12-31

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa